Arquivo | Curiosidades RSS feed for this section

AS 7 MARAVILHAS DO MUNDO ANTIGO

2 abr

Todas as 7 maravilhas do mundo antigo são monumentos erguidos pelo próprio homem durante a Antiguidade. Tais monumentos são caracterizados pela sua incrível beleza e complexidade.

A Grande Pirâmide de Gizé

Pirâmide de Gizé

É a maior de todas as Pirâmides do Egito e está acompanhada pela mística Esfinge de Gizé. Foi construída pela faraó Khufu por volta de 2.650 a.C. e por mais de 4.000 anos se manteve como a mais alta estrutura do mundo. É a única das maravilhas antigas ainda de pé.

Jardins Suspensos da Babilônia

Jardins Suspensos da Babilônia

Embora seja considerado uma maravilha do mundo antigo, esses jardins talvez nunca existiram. Segundo a lenda, o rei babilônico Nabucodonosor criou um colossal labirinto de cachoeiras e uma densa vegetação plantada em seu palácio para uma mulher. Os Jardins ficavam à beira do Rio Eufrates (hoje na região do Iraque), e supostamente foram erguidos sobre uma grande construção com vários andares.

A Estátua de Zeus

Zeus

Com 40 metros de altura, a estátua de Zeus foi erguida no templo de Olímpia (Grécia) por volta de 450 a.C.. Foi totalmente construída com ouro e marfim, em um processo que durou oito anos. A estátua foi destruída por um incêndio em meados de 470 d.C..

O Templo de Artemis

Construído em 550 a.C. na atual região da Turquia, o templo era sustentado por incríveis colunas de mármore, e o grande destaque do templo era a estátua da deusa Ártemis, construída em ouro e prata.

Templo de Artemis

“Eu tinha visto os Jardins Suspensos da Babilônia, a estátua do Zeus Olímpico, o Colosso de Rodes, as Pirâmides do Egito, o Farol de Alexandria e o Mausoléu de Halicarnasso. Mas, quando eu via o Templo de Artemis elevando-se até as nuvens, todas as outras maravilhas perdiam à míngua sua grandeza (…) O mais belo trabalho jamais criado pela Humanidade.”

(Pausânias de Lídia)

O templo foi incendiado alguns séculos depois por Heróstrato, um homem em busca de fama.

O Mausoléu de Halicarnasso

O Mausoléu de Halicarnasso

Também localizado na Turquia, o templo foi construído por Artemis por volta de 350 a.C. para sepultar seu marido, o Rei Mausolo. Artemis morreu pouco antes do mausoléu ser terminado. O templo foi destruído no século XV por causa de constantes terremotos. Suas pedras foram usadas para a construção de outros locais.

O Colosso de Rhodes

O Colosso de Rhodes

Essa gigante estátua do deus Hélios foi construída na Grécia por volta do ano 300 a.C.. A estátua possuía 33 metros de altura e foi feita em bronze, ferro e pedras. Sua real aparência ainda é um mistério. Quando a estátua foi destruída em 226 a.C. por um terremoto, a estátua destruiu várias casas ao redor do porto de Rhodes.

O Farol de Alexandria

O Farol de Alexandria

Prático e bonito (feito todo com mármore e argamassa), o farol começou a guiar marinheiros que entravam e saíam da Grécia por volta de 250 a..C. O monumento resistiu a mais de 20 terremotos, mas no século XIII ele ruiu e seus destroços foram parar no fundo do Mar Mediterrâneo.

Anúncios

Melbourne

1 nov

Jovem e vibrante, carregada de estilo e sofisticação. Em resumo, essa é a essência de Melbourne, a capital de Victoria (o menor estado do continente) e a segunda maior metrópole da Austrália. É onde está a arquitetura mais arrojada do país. Embora ainda preserve o charme das construções vitorianas da colonização inglesa, do navegável rio Yarra que corta a cidade e dos diversos jardins e parques verdes existentes. Foi eleita em 2002 pela conceituada revista The Economist como o melhor lugar do mundo para viver.

Hidden Secrets tours oferece uma apresentação exclusiva da cultura vibrante das vielas. Aaixo da superfície, fervilha com atividades criativas e repleta de cafés fabulosos e lojas de estilistas locais. A equipe de passeios da Hidden Secrets criou uma variedade de opções para viajantes, concentrando-se em vivenciar a cidade e o talento de artistas locais que existe no centro criativo da Austrália.

Como se fosse uma cidade só de lojas, restaurantes e entretenimento, nas margens do Rio Yarra, o Crown Entertainment Complex ocupa duas grandes quadras da cidade.

O Museu de Melbourne é o maior da Australia

melbourne recital

O Centro de Recitais de Melbourne é o segundo maior auditório para apresentações de música clássica de Melbourne. Ele faz parte de um complexo de artes junto com o MTC Theatre Complex e foi inaugurado em 2009. O projeto é bastante ousado, a começar pela concepção dos arquitetos do escritório australiano ARM (Ashton Raggatt McDougall) ao procurarem uma forma significativa de se construir casas de recitais no século XXI que tivessem uma ótima performance acústica. Os arquitetos partiram da tradicional forma de “caixa de sapato”, pois é a forma que os especialistas dizem ter melhor acústica e a partir daí começaram uma batalha desesperadora para negar essa forma. O complexo é formado por dois auditórios, um foyer chamado de The Salon e a sala de espetáculos com capacidade para 1000 pessoas. O palco do salão principal tem de 135m² e pode ser ampliado, adicionando a ele mais 51m², quando necessário, isso acomoda 45 músicos confortávelmente, porém não é indicado para apresentações de orquestras e sim de grupos pequenos.

Great Ocean Road, um dos locais mais bonitos na Austrália. Trata-se de uma estrada à beira-mar, de onde se avistam falésias que recortam a costa formando arcos e cavernas marinhas. Os pilares que emergem do mar como estátuas gigantes são conhecidos como os 12 apóstolos (foto) e valem uma foto para a posteridade.

The Australian Garden

The Australian Garden

O Jardim Botânico de Cranbourne, localizado num subúrbio de Melbourne a cerca de 45 quilômetros da cidade, é um dos mais originais e, também, habitat para algumas espécies de animais.  Premiado pelo Festival Mundial de Arquitetura, como o melhor projeto de paisagismo. O jardim possui 1.700 espécies de plantas.

Que cidade linda não?

beijos

Belas Construções em São Paulo

8 fev

Hoje o blog falará sobre algumas obras belíssimas na cidade de São Paulo. É claro que as opções eram inúmeras, mas selecionei algumas.

O edifício Mirante do Vale é o mais alto da cidade de SP e do Brasil e possui 51 andares.

Ficheiro:Mirante do Vale - by Lucas.JPG

É impossível não prestar atenção no MASP ao passar pela Avenida Paulista. O edíficio além de moderno, possui um vão-livre de mais de 70 metros que se estende sob quatro enormes pilares vermelhos, o edifício é considerado um importante exemplar da arquitetura brutalista brasileira

O COPAN é um dos mais importantes e emblemáticos edifícios da cidade de São Paulo, no Brasil. Descrito como tendo “linhas sinuosas e elegantes”, foi projetado por Oscar Niemeyer, e localiza-se num dos pontos mais movimentados do centro da capital paulista.

Imagem

A belíssima Ponte Estaiada Octávio Frias de Oliveira, é formada por duas pistas estaiadas em curvas independentes de 60º que cruzam o rio Pinheiros, no bairro do Brooklin, sendo a única ponte estaiada do mundo com duas pistas em curva conectadas a um mesmo mastro.

O Teatro Municipal de São Paulo é um dos mais importantes teatros de cidade e um dos cartões postais da capital paulista, tanto por seu estilo arquitetônico semelhante ao dos mais importantes teatros do mundo, e claramente inspirado na Ópera de Paris

Imagem

Edifício Itália (cujo nome oficial é Circolo Italiano) é o segundo maior da cidade de São Paulo e do Brasil em altura, com 46 andares. Inaugurado em 1965, é atualmente um dos marcos da cidade, protegido pelo Patrimônio Histórico por ser um dos maiores exemplos da arquitetura verticalizada brasileira.

Um dos maiores destaques do edifício Itália é o restaurante localizado no seu topo, conhecido como Terraço Itália, que permite uma vista em 360 graus da cidade, sendo um dos maiores pontos turísticos da capital paulista.

A Estação da Luz é uma estação ferroviária localizada no bairro da Luz. A estação abriga ainda o Museu da Língua Portuguesa, uma instituição cultural ligada à Secretaria de Cultura do estado de São Paulo, inaugurada em 2006.

Ficheiro:Estação da Luz-edit-01.jpg

O Edifício Altino Arantes (também conhecido como Edifício do Banespa ou Banespão) é um dos prédios mais emblemáticos da capital paulista, sendo o 3º mais alto da cidade e o 5º do Brasil. No seu interior há um lindíssimo lustre.

Imagem

O Plaza Centenário, popularmente conhecido pelos paulistanos como Robocop, é um arranha-céu da cidade de São Paulo localizado na Marginal Pinheiros, Brooklin Novo, onde ocorreu também a construção de vários edifícios comerciais de alto padrão. Possui fachada de metal e vidro, sendo um monumento moderno e do futuro.

E, para finalizar, o Mercado Municipal de São Paulo

Espero que gostem!

Beijos

10 Super construções ao redor do mundo.

8 jan

A humanidade é realmente incrível: com ou sem tecnologia avançada, fomos capazes de criar estruturas gigantes para os mais diversos propósitos. Confira algumas das mais interessantes que estão espalhadas pelo mundo.

Burj Khalifa

10 megaconstruções de cair o queixo

Este enorme arranha-céu é, oficialmente, o maior prédio já feito pelo homem. A gigantesca construção, localizada em Dubai, impressiona não apenas por sua altura de 829,94 metros, mas por sua arquitetura, baseada em uma flor-de-lótus.

Hidrelétrica de Três Gargantas

10 megaconstruções de cair o queixo

Para o país com mais habitantes no mundo, é necessária uma forma de gerar quantidades de energia igualmente grandes. Por isso, a China criou a Hidrelétrica de Três Gargantas, que possui atualmente a maior represa do mundo.

A hidrelétrica também tem outras funções importantes: graças à sua represa, feita no rio Yang-Tsé – o maior do país –, é possível prevenir muitas enchentes, além de criar um sistema de transporte fluvial na área.

Arrozais em terraços de Banaue

10 megaconstruções de cair o queixo

Considerados como um patrimônio mundial, esses arrozais de 2 mil anos de idade estão espalhados por toda a província de Ifugao, nas Filipinas. A aparência dada por essas construções à cordilheira é única: parece que as montanhas foram “fatiadas” em vários pedaços.

Acredita-se que essas construções foram feitas à mão, com quase nenhum equipamento para ajudar no processo. O sistema de irrigação utilizado por eles é igualmente antigo, mas funciona perfeitamente até hoje, permitindo que os nativos cultivem vegetais no local.

Minas de diamante de Mirny

10 megaconstruções de cair o queixo

As minas de diamante de Mirny, uma pequena cidade da Sibéria, mais parecem um enorme redemoinho que ocorreu em terra firme. Com 1,25 km de diâmetro e 525 metros de profundidade, essa é uma das maiores e mais perigosas áreas de escavação do mundo.

O perigo da mina não está no tamanho do local, mas sim no material que eles precisam atravessar para conseguir fazer as escavações: para passar pelo permafrost (solo formado de rochas permanentemente congeladas), é necessário usar muitos explosivos, já que fazê-las derreter é quase impossível.

Hotel Ryugyong

10 megaconstruções de cair o queixo

O Hotel Ryugyong tem uma história um tanto curiosa. Sua construção, iniciada em 1987, foi abandonada cinco anos depois devido a diversos obstáculos no projeto, além de problemas financeiros que assolaram toda a Coreia do Norte.

Por 16 anos, o enorme arranha-céu permaneceu incompleto, sendo considerado pelo povo da cidade de Pyongyang, onde o prédio foi erguido, um “hotel fantasma”. Isso até que, em 2008, a construção do Ryugyong foi retomada.

Hoje, o prédio está próximo de ser concluído, se destacando com facilidade em meio ao cenário da cidade, devido à sua altura de 330 metros e sua estrutura de aparência incomum.

Danyang–Kunshan Grand Bridge

10 megaconstruções de cair o queixo

A Danyang–Kunshan Grand Bridge é uma das pontes mais incríveis do mundo, não por sua beleza, mas por seu tamanho. Certificada pelo Guinness como a mais longa ponte do mundo, sua estrutura percorre 164 km de terra e mar, ligando as cidades de Xangai e Nanquim.

Palm Islands

10 megaconstruções de cair o queixo

Dubai não é apenas dona do prédio mais alto do mundo, como também do maior arquipélago artificial da Terra. As Palm Islands, como serão chamadas devido ao seu formato de palmeira, são gigantescas: a menor delas possui 5 km de diâmetro. Já a maior delas terá 12,5 km de comprimento por 7,5 km de largura.

As Palm Islands ainda estão em construção; de fato, apenas a menor das três “palmeiras” já está pronta. Quando o projeto estiver completo, um total de 520 km de praias será adicionado à cidade – espaço que será ocupado por mansões, hotéis, parques de diversões e todo o tipo de edifício.

A Grande Muralha da China

10 megaconstruções de cair o queixo

Não há quem não conheça a Grande Muralha da China, uma das sete maravilhas do mundo, famosa por seu tamanho e beleza. A estrutura, que atravessa 8.851 km do território chinês, é tão grande que muitos acreditavam que ela era a única construção feita pelo homem que podia ser vista do espaço.

Algo que muitos não sabem sobre essa megaconstrução é que ela não é uma única estrutura, mas, na verdade, uma série de muralhas espalhadas por toda a China, passando até mesmo por países vizinhos, como a Mongólia e a Coréia do Norte.

Neft Daslari

10 megaconstruções de cair o queixo

O que começou como uma plataforma petrolífera comum cresceu rapidamente. Hoje, a construção é, literalmente, uma “cidade flutuante” que mais parece vinda de outro mundo, com uma população de 5 mil habitantes que vive a 50 quilômetros de terra firme.

Por estar no meio do mar do Azerbaijão, Neft Daslari tem tudo que uma pessoa comum precisa para viver, como casas, escolas, padarias e cinemas, que se entendem pelos 300 km de ruas da estrutura.

Viaduto de Millau

10 megaconstruções de cair o queixo

Se a Danyang–Kunshan Grand Bridge é a ponte mais longa, esta é a mais alta. A estrutura atravessa o vale do Rio Tarn, na França, suspensa por cabos a uma altura de 343 metros no topo de seus pilares. Mas é bom avisar que, se você tem medo de altura, esta pode não ser a melhor rota para sua viagem, rs.

Demais né?

Beijos

Oscar Niemeyer

17 dez

Oi pessoal, estava em viagem e não tive tempo de fazer um post sobre o ícone da arquitetura brasileira Oscar Niemeyer.

Portanto decidi falar um pouco sobre e ele mesmo, e depois sobre suas principais obras!

Niemeyer nasceu  no Rio de Janeiro, no dia 15 de Dezembro de 1907. Estudou na Faculdade de Belas Artes do Rio de Janeiro, no curso de Engenharia e Arquitetura.

Nie­me­yer foi vá­rios per­so­na­gens con­vi­ven­do no mes­mo ho­mem: o ateu que se tor­nou mes­tre em pro­je­tar igre­jas; o co­mu­nis­ta fer­vo­ro­so que tra­ba­lhou es­trei­ta­men­te com vários go­ver­nos ca­pi­ta­lis­tas e até o ho­mem que via o ca­sa­men­to como uma ilu­são bur­gue­sa, mas que vi­veu des­de 1928 com a mes­ma mu­lher, An­ni­ta Bal­do.

Como todo bom sagitariano, prezava a liberdade (das linhas) em seu trabalho, por isso a presença marcante das curvas.

“Não é o ângulo reto que me atrai, nem a linha reta, dura, inflexível, criada pelo homem. O que me atrai é a curva livre e sensual, a curva que encontro nas montanhas do meu país, no curso sinuoso dos seus rios, nas ondas do mar, no corpo da mulher preferida. De curvas é feito todo o universo, o universo curvo de Einstein.”

Oscar Niemeyer

As ideias de Le Corbusier, idealizador da arquitetura moderna na Europa, formam a base inicial da arquitetura de Niemeyer. O uso de materiais novos e técnicas construtivas modernas se manifestaram durante toda a obra de Niemeyer, algumas delas demonstrando princípios básicos de Le Corbusier, tais como os cinco pontos da nova arquitetura (Já postado anteriormente aqui no blog).

Principais Obras

Em 1940 projetou o Complexo Arquitetônico da Pampulha, em Belo Horizonte. Ele possui um clube, um cassino, um salão de danças, uma igreja e uma casa de veraneio para o prefeito. A Igreja São Francisco de Assis é considerada a mais importante do projeto. Niemeyer abusou das curvas, construindo uma abóboda de concreto armado. Um mural criado por Cândido Portinari representa o santo que dá nome à igreja.

ImagemImagem

 

Casa do Baile Cassino Iate Club

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em 1947 Niemeyer ajudou a projetar a Sede da ONU em Nova York, jun­to com ou­tros 10 ar­qui­te­tos. O de­se­nho fi­nal do edi­fí­cio com­bi­nou dois pro­je­tos: o que ha­via si­do apre­sen­ta­do por Le Cor­bu­sier, e o de Nie­me­yer.

Imagem

Em 1951 projetou o Parque do Ibirapuera em homenagem aos 400 anos da cidade de São Paulo.

ImagemImagem

No mesmo ano projetou o Edifício  COPAN.Imagem

Brasília

Encomendada pelo presidente Jus­ce­li­no Ku­bits­chek, em 1956, Nie­me­yer su­ge­riu que fos­se aber­to con­cur­so na­cio­nal pa­ra o pla­no da ci­da­de. Lú­cio Cos­ta ga­nhou e Nie­me­yer pro­je­tou os prin­ci­pais pré­dios pú­bli­cos da ci­da­de. En­tre eles, o Pa­lá­cio da Al­vo­ra­da, a ca­te­dral de Bra­sí­lia, o Pa­lá­cio do Pla­nal­to, o Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral, Mi­nis­té­rio da Jus­ti­ça, Con­gres­so Na­cio­nal, o Tea­tro Na­cional e a Pra­ça dos Três Po­de­res.

Imagem

Em 1991, projetou em Niterói o Museu de Arte Contemporânea.

Em 2001 projetou o próprio Museu, em Curitiba.

Ficheiro:Museu Oscar Niemeyer 2 Curitiba Brasil.jpg

Cidade Administrativa – BH

Palácio Tiradentes

Auditório JK Edifício Minas e Gerais

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Vá em paz Oscar.

Amsterdam

26 nov

Oi gente!

Sei que faz um tempão que não posto, mas final de semestre é super corrido né?

Semana que vem pretendo até fazer um post com minhas entregas finais de desenho, informática, projeto e plástica!! Legal né?

Mas enquanto elas não terminam, vim compartilhar uma cidade incrível, e que eu estou sonhando em conhece-la: Amsterdam, na Holanda.

Considerada uma das cidades do futuro globais. Sua arquitetura é super contemporânea e ao mesmo tempo sempre voltada a sua própria cultura!

Aqui posto um vídeo da GNT que trás pontos legais e edifícios da cidade:

http://gnt.globo.com/casa-e-decoracao/videos/_2227419.shtml 

Espero que gostem!

Beijos

Arquitetura Egípicia

5 nov

Acho as construções egípcias fascinantes, por isso decidi compartilhar algumas aqui no blog.

Os egípcios demonstram nas suas manifestações artísticas uma profunda religiosidade, dando um caráter monumental aos templos e às construções mortuárias, notabilizando-se entre elas as pirâmides, construídas de pedra, quando todas as comunidades ao longo do rio Nilo são unificadas em um único Império.

As Pirâmides do Egito Antigo

Elas foram construídas  há mais de 2500 anos, tinha a função abrigar e proteger o corpo do faraó mumificado e seus pertences (jóias, objetos pessoais e outros bens materiais) dos saqueadores de túmulos. Logo, estas construções tinham de ser bem resistentes, protegidas e de difícil acesso. Os engenheiros, que deviam guardar os segredos de construção das pirâmides, planejavam armadilhas e acessos falsos dentro das construções. Tudo era pensado para que o corpo mumificado do faraó e seus pertences não fossem acessados.

A matemática foi muito empregada na construção das pirâmides. Conhecedores desta ciência, os arquitetos planejavam as construções de forma a obter o máximo de perfeição possível. Os blocos de pedras chegavam a pesar até duas toneladas, e eram cortadas e encaixadas de forma perfeita. Seus quatro lados eram desenhados e construídos de forma simétrica, fatores que explicam a preservação delas até os dias atuais.

O templo de Luxor

Imagem

O Templo de Luxor, foi iniciado na época de Amenhotep III e aumentado mais tarde por Ramsés II, só foi acabado no período muçulmano. É o único monumento do mundo que contém em si mesmo documentos das épocas faraónica, greco-romana, copta eislâmica, com nichos e frescos coptas e até uma Mesquita (Abu al-Haggag). Este templo era dedicado ao deus Amon, mas não só, era também dedicado às divindades Mut (esposa de Amon] e Khonsu. As suas dimensões são menores do que as do Templo de Karnak, e ambos são dedicados ao mesmo deus. O seu nome antigo era Ipep-resit, traduzido como “Harém do Sul”, referindo-se às festas que uma vez por ano lá tinham lugar, durante estas festas eram transportadas as estátuas de Amon, Mut e Khonsu de Karnak para Luxor. Por volta do século II, o templo foi ocupado pelos romanos, mas foi sendo abandonado gradualmente. Foi coberto pelas areias do deserto, até que em 1881 o arqueólogo Gaston Maspero redescobriu o templo que, se encontrava muito bem conservado. Para iniciar a escavação a vila que entretanto tinha crescido perto do templo teve de ser retirada, apenas permanecendo uma mesquita, construída pelos árabes no século XIII.

Imagem

As Esculturas

A escultura servia então à arquitetura completando-a, geralmente em forma de baixos-relevos que – de pedra ou bronze – representavam tanto as cenas diárias quanto as vitórias dos faraós, ou ainda paisagens simplificadas. Nunca há perspectiva: nas figuras, olhos e ombros aparecem de frente, embora o resto do corpo de perfil; o faraó é sempre muito mais alto que o sacerdote ou militar, o cortesão, o servo, o inimigo derrotado. Mas é menor do que o deus que personificava na terra, segundo os egípcios.

A Esfinge de Gizé

Imagem

 

A grande esfinge é uma das maiores estátuas lavradas numa única pedra em todo o planeta e foi construída pelo antigos egípcios no terceiro milênio a.C.. Porém, existe um grupo de pesquisadores que afirma que a esfinge seria muito mais antiga, datando de, no mínimo, 10.000 a.C., baseando-se na análise do calcário e sinais de erosão provocados por água.

Possui 57 metros de longitude, 6 metros de largura e 20 metros de altura.

A palavra “esfinge” foi dada já na Antiguidade clássica baseando-se numa criatura da mitologia grega formada pelo corpo de um leão, a cabeça de uma mulher e asas de águia, embora as estátuas egípcias tenham a cabeça de um homem. A palavra “esfinge” deriva do grego σφινξ, aparentemente do verbo σφινγω, que significa “estrangular”, já que a esfinge da mitologia grega estrangulava todos que não conseguissem decifrar suas charadas.

Fontes: Wikipedia

Espero que tenham gostado,

Beijos.